Blog

Cirurgia minimamente invasiva

08/06/2017 por ·

A cirurgia aberta (laparotomia) consiste em fazer um corte na parede abdominal do paciente seccionando pele, músculo, aponeurose e peritôneo para acessar o interior do abdome. O comprimento e a localização do corte irão variar, dependendo da área afetada pela doença e das características específicas do paciente, tais como a obesidade. As principais desvantagens deste tipo de cirurgia (geradas pelo excesso de trauma aos tecidos) são a dor, maior risco de complicações cardíacas e pulmonares, o aumento do risco de infecção e de hérnias da ferida cirúrgica, maior tempo de internação hospitalar, maior morbidade, maior perda sanguínea com maior risco de transfusão, maior afastamento das atividades ocupacionais no pós operatório e uma cicatriz maior.

A cirurgia laparoscópica (videocirurgia) começou a ser utilizada para melhorar a qualidade da cirurgia e também a recuperação do paciente. Com este tipo de intervenção são necessárias algumas pequenas incisões no abdome para acessar à cavidade, com tamanho variando entre 0,5 e 1 cm. Através destas incisões uma câmara de alta definição é introduzida, permitindo a visualização interna da cavidade. É inserido gás (dióxido de carbono), que permite um maior espaço de trabalho dentro da cavidade e a introdução das pinças cirúrgicas que irão realizar o procedimento. O número e a localização das incisões dependerá da patologia apresentada. Às vezes é necessário realizar uma incisão um pouco maior para extração da peça cirúrgica. Esta técnica possibilita um pós-operatório menos doloroso, com uma menor taxa de complicações, recuperação mais rápida e mais segura ao paciente e cicatrizes menores. Por estes motivos, a sua utilização tornou-se o padrão ouro de atendimento em várias condições cirúrgicas, diagnósticas ou terapêuticas nas últimas três décadas.

As cirurgias da região anal e anorretal (Doença hemorroidária, Fístulas, Incontinência Anal, Retocele) também podem ser realizadas por via minimamente invasivas conforme detalhado na área reservada às doenças e tratamentos.